Proposta de organização da Associação d@s Professor@s de Filosofia e Filósof@s do Brasil


O Coletivo Nacional de Filosofia foi fundado nos dias 22,23 e 24 de julho de 2007, no Palácio de Convenções do Anhembi, São Paulo, por ocasião da realização do1° Encontro Nacional sobre o Ensino de Filosofia e Sociologia no brasil.

Embora o seu surgimento tenha sido num momento marcante na estruturação organizacional dos filósofos no Brasil, as dificuldades foram muitas, haja vista a falta de empenho, compromisso e apoio por parte dos membros que aceitaram fazer parte desse coletivo. O documento que deu origem a formação do coletivo ainda está atualizado e deve servir de base para a nossa continuidade na luta pela nossa organização.

Em nível nacional além da reunião de fundação do nosso coletivo, ocorreu outra reunião em janeiro de 2008 no congresso da CNTE com representantes de vários estados que debateram vários pontos de pauta. Partes desses pontos foram acordados para serem publicados pela direção da CNTE, porém, depois romperam o acordo.

Nesse sentido, é preciso dar um passo a frente na organização e estruturação de uma entidade nacional para dar o devido suporte as entidades estaduais, como elemento de coesão das demandas nacional, relativas aos interesses dos professores de filosofia e filósofos brasileiros.

Nesse sentido propomos nesse encontro:

A) Compor uma coordenação com 7 efetivos e 4 suplentes para impulsionar a luta nacional para cumprir os objetivos de nossa organização, já traçados na formação do Coletivo Nacional de Filosofia.

B) Realização de uma plenária Nacional NO PRIMEIRO QUADRIMESTRE de 2013, para debater e deliberar sobre:

1-Conjuntura Educacional BRASILEIRA;

2-Balanço da Situação do ensino da filosofia no Brasil;

3-Posicionamento sobre os projetos de filosofia que tramitam no Congresso Nacional;

4-Deliberar sobre Nossa união e organização dos professores de filosofia no Brasil: (Objetivos, Finalidade, Estatuto e Direção Nacional.)

A coordenação indicada nesse encontro deverá implementar ações no sentido de retomar os contatos com os educadores que se comprometeram com o CNF no encontro do Anhembi e outros(as), divulgar as deliberações,contatar outras entidades de caráter nacional, organizar a eleição da Associação dos professores de filosofia e filósofos do Brasil. APROFFIB

Deve ainda OTIMIZAR as ferramentas desenvolvidas para a divulgação de nossa atividade, incorporar todos os documentos existentes desde o encontro do Anhembi como parte integrante do hiostórico da nova entidade a ser constituída.



Aldo Santos-Presidente da Aproffesp.



FOI MARCANTE O 1° ENCONTRO DOS PROFESSORES DE FILOSOFIA E FILÓSOFOS DO ESTADO DE SÃO PAULO.

Com a inscrição de mais de 350 professores (as) de filosofia, foi realizado nos dias 06/07/12/2012, na assembleia legislativa do Estado de São Paulo o 1° Encontro de Professores de Filosofia e Filósofos do Estado de São Paulo, com o lema: “A PRESENÇA NECESSÁRIA DA FILOSOFIA NA EDUCAÇÃO”.

No início dos trabalhos aconteceu importante apresentação nominal dos presentes que com entusiasmo contribuíram com a abertura do nosso Encontro. Fizeram Saudação aos presentes um representante da Intersindical, o Deputado Carlos Gianazzi, um representante da ABEF e um observador do Pará. A Conlutas, assim como a Presidente da APEOESP foram convidados, porém não compareceram.

No dia 06, discutimos sobre análise da conjuntura educacional, aapresentação da histórica luta pelo retorno da filosofia no ensino médio como disciplina obrigatória, e a construção de uma nova proposta curricular de filosofia para o Estado de São Paulo. Após cada exposição, grande número de professores (as) fizeram considerações e propostas sobre o tema apresentado.

No dia 07, debatemos a filosofia e o seu caráter multidisciplinar, a ampliação da organização da filosofia no Estado de São Paulo e no Brasil,assistimos a atividade cultural com o professor Chico Gretter em Homenagem a Luiz Gonzaga, Carlos Drummond de Andrade, Jorge Amado e Oscar Niemeyer, além da mesa sobre a organização dos professores de filosofia e filósofos no Estado de São Paulo e estruturação da Aproffesp. A última mesa foi sobre a apreciação de propostas remanescentes, moções e encerramento.

Durante a Fala do Professor Gianazzi, ele convidou os presentes para comparecer ao plenário onde fez o registro do nosso encontro, falou do nosso projeto “ que institui a filosofia no ensino fundamental”, e, de certa forma, demonstramos nosso irrestrito apoio a esse projeto de lei que tramita na Assembleia legislativa do Estado de São Paulo

As propostas aprovadas foram: 10% do PIB para a Educação já, autonomia dos professores, criação de GTs, posicionamento contra o PNE e Adequações estatutárias como a criação da Coordenação Regional da Aproffesp (CRA), Criação da Coordenação Estadual de Representantes da Aproffesp (CERA) e o formato da eleição. Foi aprovado também a constituição de uma comissão composta de 7 membros e 4 suplentes para viabilizar a ASSOCIAÇÃO DOS PROFESSORES DE FILOSOFIA E FILÓSOFOS DO BRASIL (APROFFIB), conforme documento distribuído em plenário.

As demais propostas serão sistematizadas e enviadas aos participantes do 1° Encontro, uma vez que foi gravado e será taquigrafado para posterior publicação.

Antes da conclusão dos debates foi distribuído questionário denominado de “Avaliação do Encontro e pesquisa de Perfil”, que após avaliação da direção poderá ser divulgado para o conjunto dos professores (as).

Por último, agradecemos a contribuição de toda diretoria, da diretoria de base, da comissão organizadora, do deputado Carlos Gianazzi que através do Assessor Luiz Ferreirinha não mediu esforços no apoio a realização de nossa atividade. Registramos ainda o nosso agradecimento especial ao conjunto dos professores (as) que de inúmeras cidades do Estado compareceram e deram sua significativa contribuição a nossa luta.

A palavra de ordem é: organizar para transformar/destruir o estado de barbárie inerente ao modo de produção capitalista.



ORGANIZAR É PRECISO!


Aldo Santos, - Ex-Vereador em SBC, Coordenador da APEOESP/SBC, Presidente da APROFFESP e militante do Psol.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Guia de Abordagem Didático

Textos Didáticos