A escola que está virando um jardim

Mara Rocha
Esse blogueiro desconfia da proposta, pois um dos entusiastas da escola charter é o jornalista da Folha de S. Paulo - Gilberto Dimenstein - tucanão de carteirinha, que não poupa elogios ao modelo de escola norte americano - leia aqui - a matéria escrita por ele, sob o título: "A escola que está virando um jardim" - onde é a escola? Claro, na Vila Madalena, bairro classe média ascendente em S. Paulo, onde o jornalista toca sua ONG, Projeto Aprendiz.

O velho jornalista, defende sempre em sua coluna na Folha, e na rádio CBN, que com as chamadas "PPPs" (Parcerias Público Privadas), na educação, seria por assim dizer, uma "panaceia" - dando solução aos mais variados problemas que a sociedade enfrenta. Ele sequer disfarça no uso do termo "funcionar como laboratório" para a concepção e validação de tecnologias sociais. E nesse pacote que a princípio parece "singelo" - ele enfia as escolas públicas, que é tudo que os tucanos sonham, que é privatizar a rede pública estadual, com suas 6.500 escolas.

Para aqueles que acham que essa tal escolar charter e uma novidade no Brasil, esse blogueiro, especialista em nada, sente decepcioná-los, mas já existem parcerias em pleno andamento, em Minas Gerais, Rio Grande do Sul, em 42 escolas, e também em Pernambuco, deste 2004, portanto, o tal "laboratório" a que tanto se refere Dimenstein, já deve apresentar resultados, que pouco se ouve falar, mas que estão sendo analisados com muito carinho, para que o golpe seja certeiro. Leiam AQUI, matéria de março/2011, entrevista, com Maria Carolina Nogueira Dias e Patricia Mota Guedes, especialistas em gestão educacional da Fundação Itaú Social, duas entusiastas de escola charter, dando conta das experiências citadas.

Para aqueles da minha geração, que estão todos com mais de meio século, onde no nosso tempo, o termo "dar um tapa na peteca - era tão somente um jogo de praia", e hoje, virou o que virou, um aviso, em especial aos professores da rede pública de educação de S. Paulo, com aproximadamente 250 mil educadores: O sonho de consumo de Geraldo Alckmin e toda sua trupe, é montar PPPs, com as tais escolas charter em todo o Estado, não por acaso toda negociação, com a SEE-SP, vira uma batalha jurídica, como por exemplo, o cumprimento da Lei do Piso Nacional para Professores, isso quando não vira uma luta campal, onde a polícia é quem decide.

Que Deus nos acuda!!! Mas vamos botar as barbas de molho, porque alguma novidade esta se desenhando num horizonte não muito distante.http://bogdopaulinho.blogspot.com.br/2012/02/privatizacao-da-educacao-publica.html
PRIVATIZAÇÃO DA ESCOLA PÚBLICA - "Escola charter" | Blog do Paulinho
bogdopaulinho.blogspot.com.br

Escrito por Mara Rocha

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Guia de Abordagem Didático

Textos Didáticos