Giannazi abre espaço para o debate sobre a importância da Filosofia no currículo escolar

O I Encontro de Professores de Filosofia e Filósofos do Estado de São Paulo ocorreu no auditório Franco Montoro da Assembleia Legislativa entre os dias 06 e 07 de dezembro, e foi fruto de uma parceria entre o mandato do professor e deputado Carlos Giannazi e a Associação dos Professores de Filosofia e Filósofos do Estado de São Paulo (APROFFESP). Com o tema “A Presença Necessária da Filosofia da Educação”, o encontro foi dividido em temas que abordaram o histórico de lutas pelo retorno da Filosofia no Ensino Médio como disciplina obrigatória, o caráter multidisciplinar da Filosofia e as formas e propostas disponíveis para que a Filosofia ocupe seu devido e necessário espaço na grade curricular da rede pública estadual.

Giannazi fez uma saudação inicial no dia 06 e, na mesa no dia seguinte, expôs aspectos da ampliação da organização da Filosofia no Brasil. “Com relação ao estado de São Paulo, já estamos numa segunda fase da luta, que é a implantação da disciplina no 2º ciclo do Ensino Fundamental e, para isso, apresentamos o novo projeto de lei 643/2012 (antigo 228/2012), que dispõe sobre a inclusão do estudo da Filosofia no currículo escolar do Ensino Fundamental, cujo artigo 2º preconiza que o ‘ensino da Filosofia será ministrado por professores com formação específica na área”, disse o deputado, relatando que a Filosofia já faz parte do currículo escolar de várias redes públicas municipais de ensino (em 2008 foi aprovada a Lei 11.684/08, revendo o artigo 36 da LDB, tornando obrigatória a Filosofia e a Sociologia no Ensino Médio).

“ Quem ganha com a definitiva inclusão da Filosofia e da Sociologia nas grades curriculares de todos os ciclos e redes de ensino, particulares e públicas, é a sociedade, que colherá frutos de reflexões mais aprofundadas e críticas de sua forma de organização coletiva e, individualmente, será provida de cidadãos mais participantes e construtivos”, finalizou o parlamentar, citando o esforço que o mandato empreende junto a outros deputados em ver aprovado o PL e que este mesmo projeto é uma construção coletiva com o conjunto dos professores e de suas instituições representativas.

À mesa com Giannazi estavam os professores Antonio Celso de Oliveira, Clodoaldo Andrade dos Reis e o presidente da APROFFESP, Aldo dos Santos, para quem esse I Encontro foi um ‘ marco na luta pela consolidação da Filosofia no currículo escolar no estado. Na opinião dele, duas perspectivas importantes merecem destaque no balanço desse evento: o debate pela inclusão do Filosofia no Ensino Fundamental e a organização dos professores em escala nacional.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Guia de Abordagem Didático

Textos Didáticos