Olá, ALDO E COMPANHEIROS:

Certamente o jogador de futebol, Sócrates, não foi filósofo, mas teve em sua vida profissional atitudes filosóficas admiráveis que resultaram, junto com alguns companheiros, na chamada "democracia corinthiana". Lembremos que naquela época estávamos enfrentando ainda uma ditadura militar e alguns jogadores tiveram a coragem de contestar o autoritarismo e a corrupção reinantes no futebol e no país. Se algo mudou, infelizmente ainda falta muito.

Também lamentamos o que os "astros do futebol" viraram hoje: garotos propaganda de grandes marcas e histerias "femininas", um bundalelê geral, sem ética e sem estética.

Mostremos aos meninos que é possível ser jogador de futebol e cidadão ao mesmo tempo; e que não precisamos vender a alma pro diabo ou a mãe para ter sucesso na vida.

PARABÉNS AO SÓCRATES PELAS SUAS ATITUDES FILOSÓFICAS!!!

Seu único defeito foi ter jogado no Corinthians, ah! ah! (brincadeirinha)

Grande abraço do amigo e companheiro de luta. Boas festas e que o ano de 2012 seja de mais lutas e conquistas!!!

Viva a APROFFESP!

Do "filósofo da Lapa",

CHICO GRETTER

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Guia de Abordagem Didático

Textos Didáticos